A descaracterização de resíduos é um processo estratégico na gestão organizacional. Dá a destinação adequada aos diferentes tipos de materiais e contribui com a sustentabilidade sócio-ambiental, além de garantir a proteção da marca e da imagem institucional.

Descaracterização de Resíduos

Consultoria, transporte e execução para Descaracterização de Resíduos

Saiba Mais!

Logística reversa, de acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos, é o “instrumento de desenvolvimento econômico e social caracterizado por um conjunto de ações, procedimentos e meios destinados a viabilizar a coleta e a restituição dos resíduos sólidos ao setor empresarial, para reaproveitamento, em seu ciclo ou em outros ciclos produtivos, ou outra destinação final ambientalmente adequada”.

A descaracterização de resíduos é um processo estratégico na gestão organizacional, embora seja uma ação realizada lá no final da cadeia produtiva das empresas. Dá a destinação adequada aos diferentes tipos de materiais e contribui com a sustentabilidade sócio-ambiental, além de garantir a proteção da marca e da imagem institucional. Nenhuma grande empresa quer ter sua marca exposta em lixões ou ainda boiando em um rio.

A descaracterização de resíduos – conhecida também como descaracterização de embalagens, descaracterização de produtos, descaracterização de materiais é uma das práticas mais seguras e modernas de gerenciamento de resíduos na área de logística reversa, além de garantir a proteção da marca.

Para não causar prejuízo à saúde humana, às cidades e ao meio ambiente, o descarte de uma série de produtos e materiais, gerados/descartados em indústrias, empresas, no comércio varejista e outras atividades econômicas precisa ser criterioso, seguro, adequado e obedecer legislações sanitárias e ambientais. 

Há vários materiais inservíveis que requerem tratamento especial, que necessitam ser submetidos ao processo descaracterização.

Entre eles podemos citar lotes de:

  • produtos vencidos do setor varejista
  • produtos farmacêuticos
  • itens químicos
  • material contaminado
  • uniformes industriais e EPIs (equipamentos de proteção individual) com logotipos
  • medicamentos
  • documentos confidenciais
  • dados bancários
  • cartões magnéticos
  • componentes eletrônicos, de informática e outros

Riscos Ambientais, Legais e Institucionais

Esses e outros tantos materiais descartados, estragados, obsoletos, barrados em controles de qualidade ou com o prazo de validade vencido podem se tornar um grande ônus financeiro e institucional para empresas que se descuidam de sua gestão.

Isso porque a reutilização de produtos ou materiais com essas características pode desencadear autuações de órgãos de fiscalização ambiental/sanitária, reclamações de consumidores nas redes sociais ou junto ao Procon e até processos judiciais.

Proteção de Marca

Outro risco é apropriação ilegal desses resíduos ou produtos descartados para futura introdução no mercado ilícito, ou seja, no setor da pirataria e das falsificações.

Quando isso ocorre, marcas e patentes comerciais ficam totalmente vulneráveis e expostas a ações ilegais e criminosas, que podem ocasionar prejuízos financeiros e judiciais.

Por essa importância, o processo de descaracterização de resíduos também é conhecido no mercado de logística reversa como proteção de marca.

Vantagens da Descaracterização de Resíduos, Embalagens, Produtos e Materiais

  • Atesta e documenta a destinação adequada dos resíduos
  • Garante a proteção de marcas e patentes consolidadas
  • Evita a exposição e a utilização indevida do material descartado no mercado ilícito
  • Permite a reinserção do resíduo tratado na cadeia produtiva
  • Blinda a empresa contra possíveis problemas judiciais
  • Otimiza a gestão de resíduos industriais/comerciais
  • Fortalece o compromisso sócio-ambiental da empresa

Benefício Ambiental Orientado pela PNRS

Desde sua instituição, em 2 de agosto de 2010, a Política Nacional de Resíduos Sólidos/PNRS (Lei Nº 12.305) estabeleceu a seguinte ordem de prioridade em relação ao manejo dos resíduos no país:

1) não geração;

2) redução;

3) reutilização;

4) reciclagem;

5) tratamento dos resíduos sólidos;

6) disposição final ambientalmente adequada dos rejeitos.

No contexto desse ciclo hierárquico, e de sua importância para a biodiversidade do Brasil, a descaracterização de resíduos se apresenta como um processo tecnológico eficiente e essencial para a consolidação da PNRS.

Descaracterização de Resíduos, Materiais, Produtos e Embalagens

Desde 2002, a Nova Ambiental oferece uma diversificada gama de serviços especializados na área de engenharia ambiental, que vão desde consultoria, transporte de resíduos industriais e a gestão de Resíduos de Serviços de Saúde (RSS), até a remediação para áreas contaminadas, o coprocessamento e a incineração de resíduos.  

Essas soluções atendem empresas clientes que necessitam tratar o seu passivo residual gerado em fábricas, empreendimentos ou durante outros processos produtivos e/ou comerciais.

A descaracterização de resíduos é uma das atividades executadas pela equipe da Nova Ambiental com máxima excelência tecnológica.

Processo Tecnológico e Seguro

Depois de removidos e transportados à unidade fabril da Nova Ambiental, localizada no município de Itapevi (SP), os lotes de resíduos como embalagens (de qualquer material), plásticos, papéis, vidros, além dos próprios produtos (conteúdo) serão descaracterizados.

De acordo com suas propriedades específicas, serão triturados, prensados. Essa massa gerada a partir da descaracterização poderá, então, ser reciclada e reutilizada como insumo para novas atividades de produção industrial. Esses resíduos também podem ser coprocessados para a geração do blend – subproduto gerado no processo em que o resíduo é totalmente descaracterizado e misturado a outros resíduos com alto poder calorífico. Posteriormente, este blend será utilizado como combustível em fornos de cimenteiras.

Em suas instalações, a Nova Ambiental executa o tratamento desses resíduos/materiais com a máxima segurança, o cumprimento de normas técnicas e em total conformidade com leis ambientais.

E ao final do processo, o gerador dos resíduos (empresa contratante) recebe laudos técnicos e documentos comprobatórios da destinação adequada do material tratado. O principal deles é o Certificado de Destinação Final (CDF), que é emitido pela Nova Ambiental, por meio do sistema nacional MTR online (Manifesto de Transporte de Resíduos).

Gestão de Resíduos é Investimento

Seja qual for o tipo de material inservível de seu negócio, a Nova Ambiental possui a solução ideal para otimizar o gerenciamento desse resíduo, combinando segurança, vantagens comerciais, respeito à natureza e às legislações vigentes. 

Contate a Nova Ambiental, empresa especialista em serviços de descaracterização e transforme seu passivo residual de risco em solução ambiental segura e de alto potencial comercial.

Mais Serviços

Coprocessamento de Resíduos

Etapa em que o resíduo é totalmente descaracterizado e misturado junto a outros resíduos com alto poder calorífero (blend)

Incineração de Resíduos

Possuímos um perfeito processo de tratamento de resíduos que envolve a combustão de substâncias orgânicas.

Armazenamento Temporário

Contamos 10.000m² licenciada pela CETESB para Armazenamento Temporário de Resíduos Perigosos e não perigosos
Declaração Anual de Resíduos Sólidos referente ao movimento registrado do ano de 2020.

Prazo Final Para a Declaração Anual de Resíduos Sólidos é 31 de janeiro

Empresas têm até o dia 31/1 para entregar a ‘Declaração Anual de Resíduos Sólidos’ Dia 31 de janeiro é o prazo final para a entrega …

Saiba Mais →
A partir do dia 1º de janeiro de 2021, todas as empresas instaladas no território brasileiro que são geradoras de resíduos – e sujeitas à elaboração do Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS) – obrigatoriamente terão que utilizar o MTR online em suas operações comerciais envolvendo a geração, transporte, armazenamento temporário e destinação de resíduos.

MTR Online, Obrigatório a Partir de Janeiro de 2021

A Nova Ambiental preparou um material digital bastante completo e intuitivo, que permite a visualização gráfica detalhada do preenchimento do MTR online, via SINIR, e traz outras informações importantes sobre este assunto.

Saiba Mais →
Na etapa de blendagem, o resíduo é totalmente descaracterizado e misturado junto ao outros resíduos que recebemos de forma a produzir um mix líquido ou sólido com alto poder calorífero (blend). Nesta etapa são analisados padrões químicos de controle como pH, % Cloro, % H20 e Poder Calorífero. Esses blends, por possuírem alto poder calorífero são usados como substitutos energéticos em fornos de cimento, barateando os custos de produção e, dando uma destinação adequada e ambientalmente correta. Desta maneira após a produção desses blends, os mesmos são encaminhados para queima junto às cimenteiras, devidamente licenciadas para tal atividade.

Blendagem Líquida: Destinação Final dos Resíduos Líquidos Industriais

A tecnologia do coprocessamento – também conhecida como ‘blendagem’ – é uma das soluções mais eficientes quando o assunto é destinação final adequada dos resíduos …

Saiba Mais →
síntese
Descaracterização de Resíduos
Nome do Artigo
Descaracterização de Resíduos
Descrição
A descaracterização de resíduos é um processo estratégico na gestão organizacional. Dá a destinação adequada aos diferentes tipos de materiais e contribui com a sustentabilidade sócio-ambiental, além de garantir a proteção da marca e da imagem institucional.
Autor
Empresa
Sistema Nova Ambiental
Marca
http://unnamed.png data-lazy-srcset=

Validar Certificado

Para validar a autenticidade de um certificado emitido pela Nova Ambiental, preencha o campo abaixo corretamente: