Planares: Eficiência da Gestão de Resíduos e Sustentabilidade

O Planares é uma estratégia para “operacionalizar as disposições legais, princípios, objetivos e diretrizes” estabelecidas pela Política Nacional de Resíduos Sólidos/PNRS (Lei nº 12.305/2010) – legislação ambiental do Brasil que completou uma década de vigência e que prevê o Planares como um dos instrumentos legais para a sua plena efetivação.

O Plano Nacional de Resíduos Sólidos (Planares) está em fase de consulta pública. Até o dia 30 de setembro, o site do Ministério do Meio Ambiente (MMA) receberá as sugestões/contribuições da sociedade civil com o intuito de aperfeiçoar o instrumento que estabelece metas e datas para a otimização da gestão dos resíduos no território brasileiro.

O Planares – documento com 186 páginas – é uma estratégia a longo prazo para “operacionalizar as disposições legais, princípios, objetivos e diretrizes” estabelecidas pela Política Nacional de Resíduos Sólidos/PNRS (Lei nº 12.305/2010) – legislação ambiental do Brasil que completou uma década de vigência e que prevê o Planares como um dos instrumentos legais para a sua plena efetivação.

Juntos, o Planares e o Marco Regulatório do Saneamento Básico serão políticas públicas fundamentais nas próximas décadas, no sentido da expansão e do aprimoramento das condições sanitárias da população, da gestão dos resíduos, da manutenção dos ecossistemas e da sustentabilidade.

A Gestão de Resíduos e o Futuro

É imprescindível a melhoria da gestão dos resíduos no país. De acordo com o Ministério do Meio Ambiente, anualmente o Brasil gera aproximadamente 80 milhões de toneladas de resíduos sólidos urbanos – a soma dos resíduos domiciliares e de limpeza urbana -, sendo que desse montante 29 milhões de toneladas são descarregadas nos lixões. Ou seja, em locais inadequados para a destinação de materiais residuais.

Como se não bastasse essa gigantesca e poluente realidade, outras 6,7 milhões de toneladas de resíduos – que correspondem a cerca de 6.300 piscinas olímpicas – sequer são coletadas no país, contribuindo para a degradação do meio ambiente e o aumento dos riscos à saúde humana, alerta o MMA.

Por essas e outras razões, no escopo do Planares figuram objetivos como: o fim dos mais de 3.000 lixões do país; o consumo consciente; o avanço da coleta seletiva e da logística reversa; a universalização da coleta de lixo domiciliar; o aumento da conscientização em relação ao descarte adequado; a redução do impacto do lixo nos 8.500 quilômetros de costa marítima do Brasil (nos 274 municípios litorâneos); e a regularização do trabalho dos catadores de recicláveis, entre outras metas.

O MMA explica que, se aprovadas, as metas propostas pelo Planares vão valer por 20 anos, podendo ser revisadas a cada quatro anos.

Reaproveitamento Energético

O plano também contempla e define metas relacionadas ao reaproveitamento energético de biogás e de tratamento térmico/incineração de RSU (Resíduos Sólidos Urbanos)

Até 2040, o Planares projeta o reaproveitamento de 63,4% do biogás gerado da decomposição de lixo orgânico. Além de minimizar o impacto na atmosfera, ao reduzir a emissão de gases de efeito estufa, esse novo manancial energético será capaz de abastecer 9,5 milhões de lares com eletricidade, segundo cálculos do Ministério.

Já a Meta 9 do plano, que estimula o aumento da recuperação e o aproveitamento energético por meio de incineração de RSU, projeta que “até 2040, o país contará com uma potência instalada de 994 MW em unidades de tratamento térmico, o que seria suficiente para abastecer 27 milhões de domicílios com eletricidade”.

Resíduos da Construção Civil (RCC) e Resíduos de Serviços de Saúde (RSS)

O Planares ainda lista as metas referentes aos Resíduos da Construção Civil (RCC) e aos Resíduos de Serviços de Saúde (RSS).

A intenção do documento nacional é aumentar a reciclagem de RCC, que hoje gira em torno de 7,06 % no país, para 25% no ano de 2040.

Quanto aos RSS, a meta é que todas as cidades brasileiras destinem adequadamente seus resíduos hospitalares e de outros serviços de saúde até 2024. Hoje, o índice nacional de tratamento adequado de RSS é de 36,60%.

Algumas Metas do Planares

• Eliminar os mais de 3.000 lixões no país até 2024

• Regularizar a atuação dos catadores/cooperativas/associações de recicláveis

• Coleta seletiva atingir 72,6% da população em 2040

• Haver cobrança de serviços por manejo de resíduos em 100% das cidades até 2040

• Universalização da coleta de lixo doméstico até 2036

• Aumentar o índice de reciclagem para 22% do lixo passível de reutilização nos próximos 20 anos

• Recuperar 45% das embalagens por logística reversa até 2040

• Levar a 25% a taxa de reciclagem de RCC

• Existir destinação adequada de RSS em 100% dos municípios até 2024

Saiba Mais!

Para participar da consulta pública ao Planares basta acessar o seguinte link do site do Ministério do Meio Ambiente: http://consultaspublicas.mma.gov.br/planares/

Novo Cenário Requer Serviços Especializados

O sucesso desse panorama futuro de sustentabilidade traçado pelo Planares vai depender do comprometimento da sociedade civil, do segmento produtivo e das esferas de poder público, da capacidade de investimento e da oferta de tecnologia de ponta na área de gerenciamento de resíduos: métodos de reciclagem, destinação e disposição adequada.

A Nova Ambiental, organização especializada em serviços de engenharia ambiental, estará inserida neste cenário desenvolvimentista anunciado para as próximas duas décadas. Referência na oferta de serviços de excelência, a Nova Ambiental está preparada para:

• auxiliar empresas a otimizarem a gestão de seus diversos resíduos

• reduzir os passivos ambientais de nossos parceiros

• manter sua companhia longe de autuações/problemas judiciais

• evitar transtornos ambientais que podem levar à deterioração de sua marca

 

Consulte a Nova Ambiental e conheça a nossa gama de soluções como coprocessamento de resíduos, incineração em autoclaves, gestão de Resíduos de Serviços de Saúde (RSS), incineração e autoclavagem de resíduos, manufatura reversa de eletroeletrônicos, remediação de áreas contaminadas, Transporte de Resíduos Perigosos, Armazenamento Temporário e outras intervenções que são realizadas com máxima qualidade, eficiência, segurança, conformidade legal e respeito ambiental.

síntese
Planares: Eficiência da Gestão de Resíduos e Sustentabilidade
Nome do Artigo
Planares: Eficiência da Gestão de Resíduos e Sustentabilidade
Descrição
O Planares é uma estratégia para “operacionalizar as disposições legais, princípios, objetivos e diretrizes” estabelecidas pela Política Nacional de Resíduos Sólidos/PNRS (Lei nº 12.305/2010) – legislação ambiental do Brasil que completou uma década de vigência e que prevê o Planares como um dos instrumentos legais para a sua plena efetivação.
Autor
Empresa
Sistema Nova Ambiental
Marca

Com extremo zêlo, profissionalismo, seriedade e competência, a Nova Ambiental conta com soluções sustentáveis.

Coprocessamento de Resíduos industriais é a etapa em que o resíduo é totalmente descaracterizado e misturado junto a outros resíduos com alto poder calorífero (blend)

Coprocessamento de Resíduos

Etapa em que o resíduo é totalmente descaracterizado e misturado junto a outros resíduos com alto poder calorífero (blend)

Resíduos de Serviços de Saúde (RSS). Realizamos a correta classificação dos resíduos de serviços de saúde RSS, possibilitando a correta manipulação.

Resíduos de Serviços de Saúde (RSS)

Realizamos a correta classificação dos resíduos de serviços de saúde RSS, possibilitando a correta manipulação.

Descaracterização de Resíduos. Realizamos a descaracterização de resíduos anulando os riscos de reutilização de qualquer produto e embalagens.

Descaracterização de Resíduos

Realizamos a descaracterização de resíduos anulando os riscos de reutilização de qualquer produto e embalagens.

Transporte de Resíduos Perigosos com veículos próprios assegurados, rastreados e operando dentro das normas legais ambientais e de trânsito para execução dos serviço de Tratamento de Resíduos

Transporte de Resíduos Perigosos

Veículos próprios assegurados, rastreados e operando dentro das normas legais ambientais e de trânsito para execução dos serviço de Tratamento de Resíduos

Incineração de Resíduos. Possuímos um perfeito processo de tratamento de resíduos que envolve a combustão de substâncias orgânicas.

Incineração de Resíduos

Possuímos um perfeito processo de tratamento de resíduos que envolve a combustão de substâncias orgânicas.

Realizamos um minucioso diagnóstico da contaminação, disponibilizamos diversas técnicas de remediações.

Remediação Para Áreas Contaminadas

Remediação Para Áreas Contaminadas. Realizamos um minucioso diagnóstico da contaminação, disponibilizamos diversas técnicas de remediações.)

Contamos com licença da CETESB para Armazenamento Temporário de Resíduos Perigosos e não perigosos

Armazenamento Temporário

Contamos 10.000m² licenciada pela CETESB para Armazenamento Temporário de Resíduos Perigosos e não perigosos

Manufatura Reversa de Eletrônicos Reutilização e o reprocessamento de equipamentos elétricos e eletrônicos descartados ou considerados obsoletos

Manufatura Reversa de Eletrônicos

Reutilização e o reprocessamento de equipamentos elétricos e eletrônicos descartados ou considerados obsoletos

Lixo Importado: Um Problema Global

Lixo Importado: Um Problema Global

Enquanto boa parte da sociedade e das empresas se esforça na busca e no aperfeiçoamento de práticas ambientais sustentáveis, um grave e silencioso problema se alastra pelo mundo: a importação ilegal de lixo. A atividade clandestina desafia leis ambientais e ocorre na...

Coleta Adequada de Amostras dos Resíduos Industriais

Coleta Adequada de Amostras dos Resíduos Industriais

O Tratamento de resíduos e destinação final ambientalmente adequada dos rejeitos industriais é uma obrigação, prevista pela Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), para todas as empresas geradoras de material residual proveniente de suas atividades fabris. No âmbito dessa grande responsabilidade socioambiental das companhias, é fundamental a precisão durante o processo de coleta de amostras dos resíduos industriais.